Alunos são desafiados em projeto pedagógico

POR Hamanda Oliveira 02/04/2018

Desafios motivam os alunos a participar da atividade

Buscando prevenir a depressão e o suicídio, o professor do Colégio Adventista da Faculdade Adventista da Amazônia (FAAMA), John Lima, implantou o projeto "4x1” (inicialmente nomeado de Baleia Rosa). Aliado às temáticas do Plano Mestre de Desenvolvimento Espiritual (PMDE) da Educação Adventista, o projeto veio se opor a uma competição mortal que se iniciou nas redes sociais da Rússia. Aparentemente inofensiva, a competição consistia em uma série de desafios, em que incita adolescentes e jovens a automutilar-se numa série de atividades que culminam com o suicídio.

Envolver os alunos em momentos desafiadores e benéficos é o foco do projeto, que lança desafios em grupo promovendo a comunhão, o relacionamento e a missão.

Segundo John Lima, o projeto 4x1 tem transformado vidas: “O projeto começou em 2017 e com tamanho sucesso já está em sua segunda edição. É muito gratificante ver nossos alunos envolvidos em prol do outro. Temos pais que vem nos agradecer”, completa.

Alunos que antes tinham comportamentos isolados hoje começam a se envolver mais com a turma e a comunidade por causa do projeto, que busca resgatar valores morais e éticos pelos princípios da humildade, igualdade, generalidade e integridade.

“É visível a mudança que esse projeto gerou no meu filho, hoje ele se envolve mais nas tarefas de casa.” Conta Elizenilde Martins, mãe de um aluno do colégio.

Os desafios propostos são variados e envolvem visitar pessoas, fazer amizades, práticas de cortesia em casa, na escola e registrar cada atividade com fotos nas redes sociais usando as hashtags específicas como: #issoéFAAMA e #PMDE. "O projeto 4x1 nos ajudou a desenvolver melhor o nosso caráter e com isso nos tornamos mais corretos e honestos", afirma Agatha Godinho, aluna da FAAMA.

Trabalhos pedagógicos como esse despertam no adolescente o significado de ser íntegro e nos mostra que a educação vai muito além do ensino e pode salvar e transformar vidas.